quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O Tecnólogo em Gestão Ambiental e Coisas que Você Devia Saber....

  • Conselho Profissional
O Tecnólogo em Gestão Ambiental, ao contrário do que muitos pensam, tem sim um conselho profissional. Este conselho é o CRQ - Conselho Regional de Química!!
Sim, a nossa profissão tem direito a tirar o CRQ, vejam a página do CRQ do Rio de Janeiro na parte de profissões http://www.crq3.org.br/formacoes ! Eu mesma tirei o meu, sem nenhum problema. E caso você já seja formado, mas ainda não tenha o diploma, com uma declaração da sua universidade você tira o provisório.
Quanto ao CREA, que é almejado por muita gente, existe um processo de regulamentação da profissão junto ao CREA, porém está longe de ser resolvido. Há uma grande discussão em torno do assunto, pois os dois lados não se entendem. Ao passo que o CREA faz exigências, segundo alguns, ridículas para regulamentar a profissão, outros dizem também que "eles não nos querem lá"... Então, meu conselho é o seguinte: Tire o CRQ e não espere pelo CREA, se o CREA um dia estiver disponível para nós, aí você se preocupa com ele.


  • Cadastro IBAMA
Você que é formado em Tecnologia em Gestão Ambiental ou em qualquer outra área ambiental, deveria fazer o Cadastro Técnico Federal do IBAMA. Você faz pelo próprio site do IBAMA http://www.ibama.gov.br/cadastro/defesa_cadastro_pf.htm . Depois você imprime o certificado de regularidade do cadastro técnico federal.
O que é ?
Atividades e Instrumento de Defesa Ambiental
Identificação, com caráter obrigatório, de pessoas físicas e jurídicas que se dediquem à consultoria técnica sobre problemas ecológicos e ambientais e à indústria e comércio de equipamentos, aparelhos e instrumentos destinados ao controle de atividades efetivas ou potencialmente poluidoras. Legislação: Lei nº 6.938 de 31 de agosto de 1981; Lei nº 7.804 de 18 de julho de 1989; Lei nº 10.165 de 27 de dezembro de 2000; Resolução CONAMA nº 001 de 16 março de 1988; Instrução Normativa - IN nº 010 de 29 de agosto de 2001 ( Anexo I);.
Pra que serve?
Os órgãos ambientais somente aceitarão, para fins de análise, projetos técnicos de controle da poluição ou estudos de impacto ambiental, cujos elaborados sejam profissionais, empresas ou sociedade civis regularmente registradas no presente cadastro.


  • Regulamentação da Profissão
Como todos devem saber, os Tecnólogos de todas as áreas, ainda lutam pela regulamentação da profissão de tecnólogo. Em se tratando da Gestão Ambiental não é diferente. Existe o Projeto Lei 2245/2007  que regulamenta a profissão de tecnólogo e dá outras providências. O projeto encontra-se tramitando no Congresso para aprovação. Espera-se acabar ou diminuir a discriminação em relação ao tecnólogo. Deixando claro que o projeto não contempla a criação de Conselhos Profissionais de Tecnólogos, pois a criação destas entidades, exige lei específica para sua concepção. Existe também  o Projeto Lei 5825/09 de autoria do ex deputado federal Renato Amary, que obriga as empresas constantes no cadastro nacional do IBAMA como potencialmente poluidoras a contratarem um profissional graduado ou pós-graduado em curso que lhe permita atuar em gestão ambiental. Esse projeto ainda está tramitando no Congresso Nacional. O Projeto de Lei 508/07, de autoria do deputado Luiz Eduardo Cheida, que obriga empresas potencialmente poluidoras a contratarem um responsável técnico em meio ambiente, foi modelo para o Projeto de Lei 5825/2009, ora em tramitação na Câmara Federal. A informação é de Léo Urbini, presidente da Associação Nacional de Gestores Ambientais (Anagea), com sede em São Paulo.
E exite ainda,  PL de Regulamentação da Profissão dos Gestores Ambientais. O PL, já protocolado, quando aprovado, trará luz ao profissional de GAs, possibilitando os mesmos a finalmente exercerem suas funções que lhe são por direito.
Tenha Acesso na íntegra:

PL 2245/2007 ; PL Gestor Ambiental para download .


  • ANAGEA - Associação Nacional dos Gestores Ambientais
A ANAGEA tem a missão de: Promover, congregar e representar os Gestores Ambientais de todo o território nacional. Fundada em 16 de fevereiro de 2008, na capital do estado de São Paulo, contando com a presença de graduandos e graduados em Gestão Ambiental de várias partes do Estado e com apoio de gestores de outros estados do país, a ANAGEA nasce devido à ausência de representação da classe frente às discussões relacionadas ao reconhecimento, regulamentação profissional e inserção no mercado de trabalho.
A ANAGEA também atua junto à sociedade, isenta do vínculo político-partidário, compartilhando o conhecimento de seus profissionais nas questões ambientais, cumprindo assim com suas responsabilidades ideológicas intrínsecas a profissão.

  • Classificação da Profissão de Tecnólogo em Gestão Ambiental
Nossa profissão foi classificada pelo Ministério do Trabalho e Emprego na  CBO - de Classificação Brasileira Ocupações,  como: 214 ENGENHEIROS, ARQUITETOS E AFINS - 2140 Engenheiros ambientais e afins - Tecnólogo em gestão ambiental 2140-10.


Verifique: Classificação Brasileira de Ocupações .


  • Faixa Salarial
Como a profissão de Tecnólogo em Gestão Ambiental ainda não é regulamentada, bem como a profissão de tecnólogo em si, não existe um teto salarial da categoria. Ou seja, não existe mínimo e máximo estipulado por lei.
Mas existe um concesso, e este concesso é de que a faixa salarial do Tecnólogo em Gestão Ambiental recém formado fica entre R$ 1.500,00 à R$ 2.500,00. E um gestor experiente pode chegar à R$ 8.000,00.


20 comentários:

  1. Respostas
    1. Achei seu post muito intrutivo gisela, parabens e obrigado pelas importante informacoes.!

      Excluir
  2. Uma pergunta: vc disse q dá para se cadastrar no IBAMA bom hj em dia oq uma pessoa cadastrada no IBAMA pode fazer? contra empresas, pessoas coisas erradas poderei impedir ou fechar lugares sei la hahahaha e quais certificados irei obter ja q hj em dia ja deve ter sido regularmentado valew

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Lei nº 6.938/81 exige o registro no Cadastro Técnico Federal - CTF das atividades e instrumentos de defesa ambiental: art. 17 - Fica instituído, sob a a administração do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis - IBAMA: I - Cadastro Técnico Federal de Atividades e Instrumentos de Defesa Ambiental, para registro obrigatório de pessoas físicas ou jurídicas que se dediquem à consultoria técnica sobre problemas ecológicos e ambientais(...) A Instrução Normativa nº 10 de 2001, do Ibama, enumera as Atividades e Instrumentos de Defesa Ambiental sujeitas à obrigatoriedade do Cadastro: Consultoria Técnica - Consultor Técnico Ambiental (Pessoa Física) - Consultor Técnico Ambiental (Pessoa Jurídica) - Indústria de equipamentos, aparelhos e instrumentos de controle de atividades poluidoras - Comércio/Instalação/Manutenção de equipamentos, aparelhos e instrumentos de controle de atividades poluidoras. Para o seu exercício é obrigatório o registro no referido cadastro, administrado pelo Ibama.


      Não é o mesmo do que ser fiscal do Ibama ou trabalhar para o Ibama. Você como consultor, analista, gestor, técnico ou engenheiro ambiental não tem poder de fiscalização, nem poder de polícia, como no caso do Ibama. Uma coisa nada tem a ver com a outra..

      Excluir
  3. Amigo me matriculei em uma Escola Téc. em nova iguaçu, a msm tem duração de 12 meses e formação em Ténico de Meio Ambiente, A msm me prometeu certificação no CREA, não no CRQ.
    Segundo seu artigo, meio ambiente ainda não tem certificação no CREA, esse curso pode ser ilegal? como faço para averiguar? grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola bom dia, eu sou tecnico em meio ambiente formado, e possuo o crea ja, portanto tem sim! no caso o que pode estar acontecendo é a ementa do seu curso( disciplinas e carga horaria) estar em desacordo com o curso, se vc esta recebendo direito de ter o crq e nao o crea, nao é normal, mas pode acontecer caso o curso receba o nome de tec. meio ambiente porem com a grade curricular tipica de um tec. gestao ambiental.capisco? sugiro que vc verifique as disciplinas junto ao CREA e compare com as da sua secretaria do curso.Eu possuo o CREA pelo Tec meio ambiente e CRQ pelo curso TEc. gestao ambiental.Boa sorte!

      Excluir
  4. Que eu saiba, cursos de gestor e analista ambiental não têm CREA, só CRQ, eu inclusive, tenho o CRQ definitivo. Agora, quanto a curso técnico de meio ambiente de uma escola técnica, eu não sei, mas aconselho você a investigar e verificar se com este curso você pode mesmo ter o CREA. Também há a diferença entre registro profissional definitivo de conselho profissional (CREA, CRQ, CRBIO, etc)e certificação de curso ou algum outro certificado garantido pelo CREA. Certificados podem existir muitos, por várias razões ,mas registro profissional no conselho, que eu saiba é para ENGENHARIA, ARQUITETURA, AGRONOMIA,
    GEOLOGIA, GEOGRAFIA E METEOROLOGIA. Existe registro para curso técnico, mas eu não sei dizer quais podem tirar o CREA, nem como funciona. O que posso dizer é que Tecnologia em Gestão Ambiental não tem CREA!

    ResponderExcluir
  5. O Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental foi cadastrado no CREA/PR - Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia do Paraná, conforme Decisão nº PL 0153/2009, do CONFEA.

    ResponderExcluir
  6. O curso de Tecnologia em Gestão Ambiental agora está cadastrado junto ao CREA/PR - Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia do Paraná. Os profissionais da área também podem se registrar no Conselho Regional de Química (CRQ).

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde.

    Me formei a pouco tem em Gestão Ambiental,como posso fazer para ter o conselho profissional? sou de Santa Catarina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure o conselho na sua cidade ou proximo e leve os documentos exigidos, seja CREA ou CRQ, la eles vao analisar quais vc pode requerer.

      Excluir
  8. Gisela onde posso fazer minha crq?moro em bom jardim rj e eu acho que por aqui não consigo.com esse registro eu posso trabalhar como químico ?

    ResponderExcluir
  9. Bom dia,como descrito no Blog
    "Você que é formado em Tecnologia em Gestão Ambiental ou em qualquer outra área ambiental, deveria fazer o Cadastro Técnico Federal do IBAMA."
    Bom fui efetuar o cadastro e onde cadastra a profissão, não tem a opção Tecnólogo em Gestão Ambiental, qual devo por no cadastro técnico federal?

    ResponderExcluir
  10. Tenho interesse em fazer gestão ambiental e conversei com algumas pessoas que me informaram que hoje há mais vagas para quem faz o curso técnico com duração menor, isso procede? qual a real diferença entre o técnico e o gestor? fazendo o curso de gestão posso atuar também como técnico? obrigada!

    ResponderExcluir
  11. OI GISELE DEIXA EU TE PERGUNTAR PARA TIRAR O CRQ TEM QUE SER FORMADO? PORQUE ESTOU CURSANDO AINDA E O CADASTRO DO IBAMA DO MESMO JEITO OBRIGADO

    ResponderExcluir
  12. IRONILDO ARCANJO19 de maio de 2014 22:22

    Gisele valeu pela sua postagem, serviu para direcionar e tirar duvidas de várias pessoas. obrigado!

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde !acabei de formar no curso superior de tecnologia em gestão ambiental,aqui em Governador Valadares,seremos credenciados ao CRQ e o CREA ,mas no CREA seremos com outro nome ,que será tecnólogo em gestão ambiental e sanitarista ,á algum problema com relação a isso ?

    ResponderExcluir
  14. Nossa Gisele valeu mesmo vc me tirou muitas duvidas, parabéns continue assim, seu blog é nota 100000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000. Vou postar seu link em foruns do linkedin pode?

    ResponderExcluir
  15. Me formei a pouco e como o curso de 3 anos na teoria sendo que a pratica foi apenas os Acos como vou administrar meu primeiro emprego qual é o clima deste juniores acadêmicos.

    ResponderExcluir