terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Não trate seu animal como um vaso quebrado!!!!!!

Se o vaso quebrou, você tem todo o direito de jogá-lo fora (ou de colá-loi, se ele for "de estimação").
Um animal NÃO é uma "coisa" nem "propriedade" de ninguém.
E vou mais além: que tipo de "estimação" alguém tem por um animal quando decide exterminá-lo porque ficará sem uma pata?
Faríamos isto com uma criança?
CUIDADO com o especismo e a duplicidade de critérios.
Embora eu compreenda (e faria comigo mesma) a eutanásia de um moribundo, sofrendo de doença terminal dolorosa, eutanásia não se refere a ASSASSINATO deliberado, de quem não que ter o "trabalho" de cuidar de alguém que tem uma vida extensa pela frente.
ABOLICIONISMO JÁ: entendam que hoje os piores inimigos dos direitos dos animais estão misturados à Causa.
Não se trata de defender os "privilégios do homem" __ para que diminuam seu "incômodo" ou sua "culpa" ao matar __ mas de garantir os DIREITOS dos animais.
Animais são SUJEITOS de DIREITO!
Vidas são vidas. De IDÊNTICO VALOR.
E isto vale para TODOS os animais!


Fonte: CADEIA PARA QUEM MALTRATA OS ANIMAIS
Organização não governamental (ONG).

Nenhum comentário:

Postar um comentário